Sentar por Longos Períodos e Episódios de Aumento da Dor Lombar

Ao contrário da crença comum, não existem evidências suficientes para afirmar que o hábito de sentar seria um fator relacionado com a dor lombar. Estudos prévios que investigaram tal associação, não a encontraram. Como por exemplo essa revisão de Chen et al. 2009.

Contudo, um estudo atual entrevistou regularmente durante 6 semanas pessoas que apresentavam dor lombar há menos de 3 meses.

As entrevistas investigavam se essas pessoas tinham sido expostas a atividades físicas específicas ou experimentaram estresse ou depressão nas últimas 24 horas e também se tiveram um período de aumento da dor por pelo menos 2 horas.

As atividades físicas questionadas foram:

  • levantar objetos pesados,
  • correr,
  • prática de esportes de contato ou sem contato,
  • traumas físicos (como queda, acidente automobilístico),
  • sentar por mais de 6 horas,
  • ficar de pé por mais de 6 horas e
  • sessão de Fisioterapia para dor lombar.

A única atividade significativamente associada com períodos de aumento na dor lombar nas 24 horas anteriores foi sentar por mais de 6 horas, assim como ter experimentado estresse ou depressão. Em contrapartida, ter feito sessões de Fisioterapia parece ter diminuído as chances das pessoas investigadas apresentarem um episódio de dor.

 

 Suri P, Rainville J, de Schepper E, Martha J, Hartigan C, Hunter DJ. Do Physical Activities Trigger Flare-ups During an Acute Low Back Pain Episode? A Longitudinal Case-Crossover Feasibility Study. Spine (Phila Pa 1976). 2017. doi:10.1097/BRS.0000000000002326.

 

Como eu interpreto esses resultados?

Apesar dos dados ainda serem insuficientes para se afirmar qualquer coisa com segurança, coloca o ato de sentar novamente no debate em relação à dor lombar. Evidentemente que novos estudos precisam investigar ainda mais profundamente esta relação, mas talvez devemos prestar mais atenção a períodos prolongados sentado, mais do que em relação à postura. (Leia este texto traduzido do Ben Cormack sobre a relação entre postura e dor.)

 

Para saber mais sobre outras consequências do ato de sentar, assista ao nosso vídeo!

[embedyt] //www.youtube.com/watch?v=VFJu-3-Ik2w[/embedyt]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *